Clicky

Fale Conosco

Converse com nossos especialistas e descubra como transformar seus dados em informações seguras, disponíveis e acessíveis.

Endereço

Rua Angelo Antonello, 93 – Sala 62, Centro – Farroupilha/RS – CEP: 95170-492

Contato Comercial

Email: contato@cdbdatasolutions.com.br
Telefone: (54) 3401-1471

, ,

Análise de Atualização do MySQL 5.7 para versão 8

  • Por Oberdan Schaider
  • 23/06/2023
  • 313 Visualizações

Fala pessoal!

Neste post veremos uma dica rápida e muito útil para avaliar a possibilidade de migração de um MySQL 5.7 para a 8. Como a versão 5.7 está entrando em seu final de ciclo de vida (EOL) em outubro de 2023, a sugestão é atualizar o MySQL para a versão 8. Com isso, é necessário avaliar se o banco de dados possui alguma incompatibilidade com a nova versão, visto que muita coisa mudou.

Estamos falando do utilitário do MySQL Shell, o Upgrade Checker. Como o próprio nome indica, ele é uma ferramenta que auxilia o DBA na análise estrutural de um banco de dados para que a atualização de versão do MySQL ocorra da melhor forma possível, indicando possíveis problemas ou alertas que devem ser analisados e corrigidos antes de realizar a atualização. Como pré-requisito, é necessário instalar o MySQL Shell.

Para utilizá-lo, é simples:

Você pode especificar qualquer versão desde a 8.0.11 (primeira versão de GA do MySQL 8) até a última do MySQL Shell que está rodando no servidor. Para saber a versão do utilitário, utilize o comando:

Você também tem a opção de especificar a versão de destino desejada. Para isso, utilize o comando conforme exemplificado abaixo:

Lembrando que é recomendado manter o MySQL Shell sempre atualizado.

O utilitário também é compatível com as versões rodando em Windows.

Este comando fará a validação de migração do MySQL local, indicando que a versão destino é a 8.0.32. Também, neste caso, indicamos o arquivo de configuração que será levado em consideração durante a análise. Quando o comando é executado, será solicitado a senha. Por questões de segurança, não recomendamos deixar explicitamente a senha visível no comando.

Também, caso necessário, é possível indicar como parâmetro de saída um arquivo em formato Json.

Abaixo temos um trecho do resultado do comando destacado acima:

É importante sempre validar o resultado de forma detalhada, garantindo que nenhum erro passe despercebido e acabe trazendo problemas para atualização.

Abaixo a documentação oficial do utilitário:
https://dev.mysql.com/doc/mysql-shell/8.0/en/mysql-shell-utilities-upgrade.html

Por hoje é isso pessoal, espero que tenham gostado!

Até o próximo post! 😊

Abrir bate-papo
Olá! Somos especialistas em Infraestrutura e Inteligência de Dados.
Como podemos ajudá-lo?